quinta-feira, 14 de junho de 2012

Mundo escuro





Mundo Escuro

Corre devagar,
Um mundo estranho dentro das veias
Parece angustioso, parece triste.
- O que será que toca a melodia?

Um leve palpitar,
Corre rápido, sem aviso - Um sorriso;
- Esse tom, é esperança? Aventura, lembrança?
Por que muda assim, tão de rrepente?

Se agita, se acalma - ainda vejo luz,
Vejo o escuro também.
- E o que será que rege a melodia, o ritmo, a cansão que existe na mente?

Certas horas parece doce, como a voz da minha garota soprada ao ouvido ou a aventura que é quando o vento batia em nossos rostos e nós corriamos na rua de mãos dadas...
- Acho que é sonho de aventura...

Percebe? O tempo da sombra é curto, quando a canção se agita nem se pode notá-lo, mas ele esteve na canção e volta, sempre volta - Não há como fugir disso.

A coisa mais estranha do mundo, é o mundo em si, olhado de longe...

Em um canto você encontra luz, em outro qualquer resta as trevas, mas
O que toca a melodia desarrumada? Será ainda esperaça? Aventura... Lembrança...

O que será que toca?
Que som é esse, alguém me diga...

E tudo volta ao silêncio.. Cai no esquecimento.. E some..

Alexandre Vieira

Um comentário:

The ♆Blackacidevil☿ disse...

Brother muito bom, unico problema msm q achei foi o audio baixo (pelo menos aki ficou) o final do vídeo ficou muito bom

"O que será que toca?
Que som é esse, alguém me diga...

E tudo volta ao silêncio.. Cai no esquecimento.. E some.."

acho que tem muito haver com histórias vividas...