quarta-feira, 13 de fevereiro de 2008

Um pouco da alma...

Palavras ao vento... Derrepente me vem umas idéias... Então tenho que organizar tudo. Organizar a cabeça, os sentimentos... As vezes dá um saudade de pessoas que não estão mais por aqui... Puxa como sinto saudades... hummm! Fica difícil até continuar o texto... Mas vamos lá!
Acho que você ja deve ter se sentido assim também. Coisas da vida. O texto lá embaixo se trata da FALTA.
Mas não quero fazer disso algo mórbido. Gostaria que ao ler este post você pudesse buscar nas suas lembranças os que se foram... Não fuja... Só busque... Fai fazer mal? Vai dizer que você nunca lembra? O que diria a eles agora se tivesse uma chance?
Eu diria: "Muita coisa mudou... mas o que sinto... é imutável!"


Despedida

E você se foi... Não deu tempo...
Nem uma palavra ou um último gesto... Não da pra saber o que dói mais... A sua ausência ou a certeza de não te ver nunca mais... Nunca mais a voz... Nunca mais aquele olhar... Nunca mais!
Quando perdemos sentimos o quanto era importante... E o que fica? Um vazio... Que não será ocupado por nada. Só o tempo para nos fazer esquecer. Mas uma hora, um instante, seja ao acordar, seja ao ligar a tv. Vou me lembrar... lembrar de você. Então vou sentir meu coração apertar, o vazio surgirá juntamente com a saudade... E o que fazer? Chorar!?
Às vezes parecemos tão fortes, mas nesses momentos ficamos fracos, derrotados!
Nossas lembranças podem trazer alivio... ou mais angustia...
Enfim... Nada... nada trará você de volta!



Um comentário:

Thiago disse...

Nossa, a muito tempo não leio palavras tão cheias de verdade. A maioria escreve, porém, poucos conseguem expor o mais puro e belo sentimento da alma... parabéns, que este seu "DOM" continue mais forte no decorrer da vida ... o mundo precisa de pessoas como vc...
grande abraço!!