quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Morte o grande momento da Vida

Talvez muita gente nem leia esta postagem, pois a palavra ou situação é algo temido por nós todos. E mesmo com todos clichês dizendo que é única certeza que temos... que difícil, não é mesmo?
Eu tinha muito medo de morrer e principalmente quando pensava que pela naturalidade das coisas, que fosse perder minha mãe... um nó me dava na garganta, o estômago embrulhava e o peito apertava. Lágrimas brotavam só de imaginar tal situação.
Ao virar a questão para mim, eu pensava em tudo que ia deixar... as pessoas, as coisas... a vida!
Deixar de viver me doía bastante também. Quanta coisa eu deixaria de fazer etc.
Uma vez na praia quase me afoguei! Que desespero! Estava com um amigo, ambos adolescentes e nenhum sabia nadar. Só sei que no fim estávamos na areia já e um olhou para o outro, ainda sem fôlego nos comunicamos só com um olhar:
- Essa foi por pouco!

Não foi daí por diante que tudo mudou, confesso. Foi a partir da descoberta da espiritualidade que as coisas mudaram. A vida ganhou outro significado e a morte também. Não quero dizer que hoje não tenho medo dela ou de perder quem amo... as coisas amenizaram, vamos dizer assim. Consigo ver a beleza de estar vivo não só em um dias de sol, por exemplo. Consigo comtemplar um dia nublado, chuvoso e bucólico... eu agradeço, e ás vezes esqueço o agasalho de propósito, só para sentir o frio... sentir como é bom poder ter um agasalho... só não tendo. Assim como outras coisas. Dessa forma, valorizamos de fato.

Só um grande parênteses, espiritualidade não tem haver com religião. Minha intenção não é converter ninguém, mas mostrar outras formas de ver a vida... ou a morte.

Então, para nós que acreditamos em reencarnação haveriam outras "chances", vamos dizer assim. Mas por conta disto vamos desperdiçar esta? Claro que não. O que vale é agora. A outra nem sabemos como será e outra, tudo é uma consequência... acredito.

Mesmo quem não crê em nada, independente de crenças etc... Quando morrermos deve surgir um painel luminoso em nossa mentes ou sugem seres com um questionário com a seguinte pergunta:

O QUE VOCÊ FEZ DA SUA VIDA?

Sem aquele temível julgamento de ser punido ou salvo, mas essa é uma pergunta que me move diariamente... e fico sempre me perguntando:
- E se tudo acabar agora?
Aí, vem aquela voz interior que me diz que: "O importante é que eu esteja bem,e em paz como a Vida e todas as pessoas com as quais estou relacionado."

Desejo que esse texto acrescente mais vida aos seus dias e não mais dias há sua vida. Que isso provoque uma reflexão, um contemplação diante de tudo, onde possamos perceber que há em tudo um significado bem maior.

Até sempre


.









2 comentários:

Taís Santos disse...

Eu me sentia EXATAMENTE assim, sempre pensava na perda dos entes queridos e me dava vontade de chorar. Hoje, ainda tenho muito medo, mas vejo a vida e a morte de forma diferente. É engraçado pq passei por situação parecida com o mar, e parece que é um susto dado pela vida pra gente acordar pra certas coisas!
Ah, a reencarnação! Eu a adoro. Mesmo, adoro pela reciclagem que temos a oportunidade de fazer.. mas nem tudo são flores, e lidar com os erros do passado pode gerar problemas de aceitar nessa passagem, mas é tudo aprendizado!
Viva a vida! :)
Parabéns pelo texto Ale!

Alef disse...

Vida... um grande aprendizado!

Obrigado Taís!!